Flor invisível

Algumas o vento leva pra mostrar que as coisas são passageiras.
Outras, se o tempo deixar,
podem voltar ao seu ciclo natural de vida.
Vidas de quem levou e deixou como cinzas
de um cigarro que se espalha por ai e ninguém ver.
Tirou mais um beijo de um beija flor
A pintura de um quadro de um coração pintor
O respiro da madrugada que encanece as manhas.
Talvez se fará ausente em sua forma
Mas como tudo que toca
Ou é tocado.
Tem o poder de transformar e se espalhar.

2 comentários em “Flor invisível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s