Momento Vivere

Fotografia Feita na cidade de Vera Cruz – Ba

Ela se doa sem pedir,
Se enraíza sem machucar,
E logo dar flores
Dar frutos sem ordenar.

A vida é um desabrochar quase que continuo, e muitas das vezes é um processo dolorido que geram cicatrizes que talvez essa catarse te cobre isso, por outro lado o que não desabrocha permanece, e o bom e velho tempo dá um jeito de cimentar ou coloca lá no armário do esquecimento.

E nada melhor que aprendemos com a própria natureza ao nosso redor, que não sabe o que é ter medo e muito menos se vai dá certo ou se é aquele o caminho, simplesmente segue o curso natural sem se preocupar onde o sol está fazendo menos sombra.

Tudo bem que o medo nos ajudou a chegar até aqui, mas a mentira só atrasou os passos de quem queria ser de verdade. É por isso que eu não me canso de falar do obvio, de dar clareza ao que já está claro. A laranjeira incondicionalmente só vai dar laranja até o seu último dia, mas você tem escolhas ou melhor livre arbítrio.

Seja uma semente que germina e não sabia que seria arvore ou seja um animal que se perdeu do bando e foi encontrado como fóssil depois de milhões de anos e agora não passa de minerais. Tudo num fluxo que chamamos de tempo, que de longe posso dizer que não há começo e nem fim é simplesmente o caminho onde a vida não passa de um folego de tempo do que vivenciamos e experienciamos como indivíduos.

E mesmo para quem olha o passado e consegue ver a estrela mais distante visível, não sabe que ali é um retalho de seu espelho refletido numa fagulha que seu tempo de vida inteiro não seria suficiente para que ela chegasse ao menos no meio do caminho para ser tocada. Quem sabe talvez não seja Deus pregando uma peça na gente e também sejamos estrelas que não podem se encontrar. De qualquer sorte é melhor que elas, as estrelas se mantenham onde estão, assim podemos perpetuar por mais um pouquinho, mesmo que o medo nos impeça o desabrochar.

4 comentários em “Momento Vivere

    1. Sim. Irina vejo o quanto construímos e evoluímos apenas com a observação da natureza. E vc é rica em percepções “efeito borboleta ” não me passou a cabeça quando escrevi este. Mas vejo que tem relações. Pode me dizer a sua!? Abraço querida!!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Refiro quando vejo o que escreveu sobre tomar consciência sobre a natureza das coisas, o que se comporta de determinada forma e o que poderia ser evitado ou, que de outras formas têm consequências, as escolhas e ações.
        Um abraço Ed.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s