Cachoeira do Segredo

Chapada dos Veadeiros -Go

Lá estava eu caminhando junto com outras pessoas numa linda trilha, era um dia ensolarado, mas que prometia chuva a qualquer momento, a gente tinha pelo menos mais três quilômetros até chegada da cachoeira do segredo. Os raios de sol que atravessavam as copas das arvores faziam parecer que estávamos num ambiente magico, os barulhos dos animais ecoavam pelos quatro cantos da floresta parecendo uma orquestra desafinada que no final tinha todo o sentido. As luzes que tocavam a margem do rio refletiam nas folhas largas criando algo que lembrava um mosaico em movimento, o chão escorregadio e as pedras úmidas enormes que formaram pequenas nascentes temporárias traziam consigo suas marcas de chuva do dia anterior, vale ressaltar que eram pedras enormes como se alguém a tivesse colocado ali. Estávamos meios parecido com as formigas que também faziam sua trilha no meio da mata se esquivando das poças da agua e subindo pedras, mas enquanto nós carregávamos nossas mochilas, algumas delas carregavam folhas enormes outras seguiam como se tivesse procurando o melhor caminho.

E em algumas paradas estratégicas dava para observar entre um clarão e outro da mata nativa que as nuvens escuras estavam chegando, tomando toda a região, transformando uma manhã de nuvens esparsas com um lindo azul em um cenário de uma escuridão cinza e pálida que como num apagar de luzes as chuvas chegaram e os sons da natureza mudaram tomado pelas gotas das aguas que deslizavam em folhas pós folhas até cair em nossas cabeças e terminavam na ponta dos dedos dos pés cobertos pelos nossos calçados. E foi uma chuva que parecia que não iria passar e isso me preocupou um pouco, não necessariamente pelas adversidades que ali se encontravam. Estava com alguns equipamentos eletrônicos como câmera profissional, celular e carregador portátil, sem muito preparo para enfrentar uma forte chuva dentro da mata. Não sei se a mochila se manteria por tanto tempo impermeável. Porque perderia todos os meus registros e naquele momento pedir ao Criador, a natureza que cessasse um pouco aquela forte chuva com relâmpagos enquanto eu dava meus passos com os pés encharcados sobre os pequenos córregos. Para mim foi uma experiência inédita coisa que até então assistia nos filmes.

Bom, a chuva não passou e o frio parecia aumentar de acordo com que se aproximava da cachoeira que se encontrava escondida em uma espécie de cânions. Não sei se por isso levava o nome de cachoeira do Segredo ou porque na época do garimpo. Alguns garimpeiros em busca de melhores pedras preciosas iam explorar de forma secreta no entorno dela.

Talvez não tenha nada de errado em nossos pedidos, em como pedimos para se livrar de algo que esteja nos incomodando, perturbando nossas cabeças. Acredito que tentar entender onde nos colocamos e as escolhas que tomamos é muito importante para compreender tais situações e problemáticas que nos metemos e muitas vezes não é se livrar simplesmente de tais adversidades que vai resolver nossos problemas e sim ter força e vontade de enfrentar ela. Mas além de tudo é bom lembrar que não temos controle de nada principalmente quando estamos expostos a natureza selvagem.

E lá estava a cachoeira muito linda por sinal e por incrível que pareça, assim que chegamos lá abriu uma breve janela de sol que foi o tempo de contemplar e meditar naquele belo lugar e fazer algumas fotos e vídeos. E antes que eu pudesse pensar em sair dali o tempo fechou de novo e a chuva não deu trégua por todo o caminho de volta da trilha. Mas esta ali valeu muito a pena, faria tudo novo.  O caminho muitas vezes não vai ser agradável e até mesmo a sua chegada. O que pode mudar tudo é a forma de como vemos, é a nossa mudança de mentalidade em meios aos problemas que podem aparecer. A gente pode escolher reclamar e nos esconder dos problemas, das adversidades que podem aparecer ou aceitar eles e resolver enfrentar com as ferramentas que temos. Afinal a vida não polpa ninguém.

12 comentários em “Cachoeira do Segredo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s