Só a gente sabe

Só a gente sabe o que a gente sente As palavras se esvaziam na superfície que o tempo não dar conta As prosas vão embora que nem o vento sabe a direção e começo O coração desafina e os pés não encontram chão Mas tudo parece tão normal nos teus olhos No jeito que tu… Continuar lendo Só a gente sabe

Espaço Vazio

 Vida não é um grande vazio, mas passa de repenteA bruma da manhã, o cheiro do café, a lã fora do lugarO deixar de fazer, os ponteiros atrasados, o horário que não chegaAs palavras que não foram ditas, as cartas que não foram escritasO de repente que até hoje não chegou As lágrimas desperdiçadas em… Continuar lendo Espaço Vazio

Quando Chove no Quintal

Flores mortasPele quenteOlhares vivosVestígios de chuvaFrio de montanha Corredeiras coloridas de uma manhã nubladaPensamentos nostálgicos pintados no muro Os pássaros cantam e seu bater de asasSopram ventos de liberdade de quem sente o espirito livre Gotinhas de chuva temperam as manhãs E seu cheiro de terra molhada adentra as moradas De desejos e devaneios de… Continuar lendo Quando Chove no Quintal