Um abrigo necessário

Era um dia nublado e sabiam que iria chover, era apenas questão de tempo, mas ainda assim ela ligou para ele e o convidou para caminhar numa área de casas antigas abandonadas em meio a uma vasta área verde com muitas mangueiras e jambeiros que inclusive em tempos floridos o gramado ficava rosa de tantas… Continuar lendo Um abrigo necessário

A Berlinda do Tempo

- Amor, vamos ao parque fazer uma trilha? Não aguento mais ficar aqui em casa olhando para o teto vendo sua cara esfacelada. Disse a Mia. - Pode ir, eu estou bem, fico aqui esperando por você e preciso fazer algumas ligações e também a nossa filha está vindo nos visitar. Júlio parecia está morrendo… Continuar lendo A Berlinda do Tempo

A Artesã que esculpia coisas impalpáveis

- Olá Moça, bom dia! Eu quero uma borboleta sem asas e com antenas gigantes e bem gordinha. Pediu a menina que sonhava em ter um jardim em seu quarto. Malena a artesã disse: - Mas menina uma borboleta sem asas é apenas uma lagarta é isso mesmo que você quer?  – Eh moça, quero… Continuar lendo A Artesã que esculpia coisas impalpáveis

A Benzedeira, o Menino e a Cobra

Vale do Capão - Chapada Diamantina - Ba O sol nem tinha aparecido no horizonte ainda, os pássaros estavam acordando e a senhora Rosália conhecida como dona Rosa a benzedeira do povoado já viúva com seus sessenta e sete anos de idade morando sozinha em uma casa simples coberta por telhas amareladas desbotadas do tempo… Continuar lendo A Benzedeira, o Menino e a Cobra